• Dom. Abr 18th, 2021

Açores Expresso

Editor / Diretor: João Edgardo Vieira

Top Tags

IL/Açores realça diminuição de impostos no Orçamento da Região para 2021

Byadmin

Abr 2, 2021

O deputado único da IL/Açores Nuno Barata realçou a diminuição dos impostos prevista na proposta de Plano e Orçamento da região para 2021, criticando, contudo, o valor alocado à transportadora área regional SATA.

“Há aqui uma questão que é de realçar, que tem a ver com é a diminuição dos impostos, que é uma bandeira que nós fizemos questão de estar plasmada no orçamento – e que já está. Está de acordo com aquilo que é prometido pela lei de financiamento das regiões autónomas”, afirmou o liberal.

O deputado falava aos jornalistas no âmbito das audições aos membros do executivo, que foram ouvidos na Assembleia Regional, a propósito do Plano e Orçamento dos Açores para 2021.

Nuno Barata avançou que o partido irá fazer “algumas propostas de alteração”, mas que “não serão assim tantas”, uma vez que a IL fez um “trabalho preparatório” com os membros do executivo açoriano.

Esse “trabalho preparatório”, disse Barata, serviu para que as propostas do acordo de incidência parlamentar entre a IL e o PSD estivessem “plasmadas” no Plano e Orçamento Regional. 

“Neste Plano e Orçamento estão inscritas todas essas medidas [do acordo] e dificilmente será possível inventar aqui uma crise política ou sequer um conjunto de alterações aos documentos que depois desvirtuariam esse próprio acordo de incidência parlamentar”, afirmou.

Contudo, ressalvou, existem “questões ainda por lapidar”, como o “financiamento da SATA”, que o liberal espera “ver esclarecidas” até à votação do Plano e Orçamento.

“Para nós não é admissível que quase 25% do Orçamento deste ano seja para injetar numa companhia aérea que está condenada à nascença como é a Azores Airlines, nem faria sentido estarmos a defender uma coisa dessas”, apontou.

Durante esta semana decorreram, na cidade da Horta, no Faial, as audições aos membros do Governo Regional, de coligação PSD/CDS-PP/PPM (com o apoio parlamentar do Chega e Iniciativa Liberal), no âmbito do Plano e Orçamento da região para 2021.

“Estas audições são importantes para esclarecermos alguns pontos que são áridos no contexto dos papéis, digamos. Eu costumo dizer que o papel aceita tudo o que a gente mete”, apontou.

Este é o primeiro Plano e Orçamento do executivo açoriano liderado pelo social-democrata José Manuel Bolieiro, que será discutido e votado no plenário de abril da Assembleia Regional.

A proposta de Orçamento dos Açores para este ano é de cerca de 1.900 milhões de euros, dos quais 165,7 milhões destinados ao transporte aéreo e à reestruturação da SATA.

foto/ JEdgardo

Lusa/ AExpresso