Emprego no segundo semestre de 2017 é o mais elevado dos últimos 10 anos nos Açores

Educação Governo Regional Sociadade

O Vice-Presidente do Governo destacou, em Angra do Heroísmo, o “crescimento muito acentuado” do emprego em 2017, que correspondeu a mais 3.968 Açorianos empregados, sublinhando que, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) hoje divulgados, o valor do emprego foi o mais elevado dos últimos 10 anos.

“No segundo semestre deste ano atingiu-se o valor de Açorianos empregados mais elevado dos últimos 10 anos, o que dá bem nota da trajetória, por um lado, do crescimento do emprego e, por outro, também de uma redução bastante consistente do desemprego”, frisou Sérgio Ávila.

O Vice-Presidente, em declarações aos jornalistas, salientou que estes dados “ainda são mais relevantes” quando, tradicionalmente, no último trimestre do ano há uma “redução acentuada de emprego” devido à sazonalidade.

No entanto, destacou o governante, “o número de empregados é o mais elevado dos últimos 10 anos e o número de desempregados o mais baixo dos últimos sete anos”.

“Isso é ainda mais relevante quando – como alguns erradamente dizem que a redução do desemprego deriva de programas ocupacionais – em 2017, há mais 3.968 Açorianos empregados e, ao mesmo tempo, menos 1066 Açorianos em programas ocupacionais”, salientou Sérgio Ávila.

Para o Vice-Presidente, estes números demonstram “claramente que o crescimento do emprego tem resultado do crescimento da atividade económica”.

A taxa de desemprego nos Açores foi de 8,3% no quarto trimestre de 2017, o que corresponde a uma redução de mais de 19% do número de desempregados comparativamente ao mesmo período do ano anterior.

De acordo com os dados do INE, verifica-se que a população empregada cresce em todos os setores de atividade relativamente ao mesmo trimestre do ano anterior (+17% no primário, +3,8% no secundário e +2% no terciário).

GaCS/AçoresExpresso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.