Câmara Municipal da Horta cumpre tradição do Dia dos Fiéis Defuntos

A Câmara Municipal da Horta, cumprindo uma longa tradição, promoveu hoje, dia 2 de Novembro, pelas 11h00, a Missa de Fiéis Defuntos, na Capela do Cemitério Municipal do Carmo.

Para o efeito, mandou celebrar esta Eucaristia por todos os entes queridos, falecidos e sepultados no Cemitério do Carmo e associou-se à homenagem que, no final da celebração, a Secção de Guarnição e Segurança do Faial presta, anualmente, aos militares falecidos na explosão do Quartel da Alagoa, junto ao memorial existente no cemitério.

A homenagem consistiu da deposição de uma coroa de flores no monumento erigido aos militares falecidos em 1941 na sequência de uma violenta explosão ocorrida na manhã de 22 de Abril que destruiu o Quartel de Bateria Independente de Defesa de Costa n.º 3 e vitimou 12 soldados e 1 civil, fazendo ainda 13 feridos, dos quais 10 eram militares.

O quartel situava-se na freguesia da Conceição e ocupava a antiga residência do Barão da Ribeirinha, no lado nascente da igreja da Conceição (onde hoje se encontra a sede daquela freguesia). A explosão danificou a referida igreja e as habitações em redor. As suas causas nunca foram divulgadas.

A explosão danificou ainda a Igreja da Conceição e as habitações em redor, sendo que as suas causas nunca foram divulgadas. O funeral das vítimas constituiu uma das maiores manifestações de pesar verificadas na Horta.

 

AExpresso Online