BE propõe aumento das pensões mais baixas e redução do IRS

O Bloco de Esquerda defende o aumento de 15 euros mensais para todas as pensões inferiores ao salário mínimo regional e a redução do IRS para todas as famílias até ao 4º escalão. Estas medidas apresentadas hoje pelo deputado Paulo Mendes, após uma reunião com a Cáritas dos Açores, têm o objetivo de combater a pobreza, aumentar o rendimento disponível para as famílias e dinamizar a economia.

Com o aumento de 15 euros no complemento regional de pensão, o BE pretende aumentar o rendimento disponível dos pensionistas que menos recebem. Uma medida que irá beneficiar, não só os próprios pensionistas, mas também promover a dinamização da economia, uma vez que este rendimento adicional será dispendido em bens essenciais que provêm maioritariamente do mercado regional e nacional.

O BE pretende também reduzir o IRS para o máximo legalmente possível – menos 30% do que o IRS cobrado no continente – para todas as famílias até ao 4º escalão. Esta medida irá alcançar não só as famílias com rendimentos mais baixos, mas também a chamada classe média.

Ambas as propostas serão apresentadas no parlamento com o objetivo de integrarem o Plano e Orçamento da Região para o próximo ano.

 

AExpresso Online