Berta Cabral e António Ventura querem dados atualizados sobre a descontaminação da Ilha Terceira

Os deputados do PSD/Açores na Assembleia da República, Berta Cabral e António Ventura, solicitaram aos Ministro dos Negócios Estrangeiros todos os relatórios e planos de trabalho produzidos – entre a penúltima reunião bilateral e o encontro de 18 de dezembro, ou seja nos últimos seis meses de 2018 – sobre o processo de descontaminação da Ilha Terceira.

Num requerimento dirigido ao gabinete de Augusto Santos Silva, os social democratas especificam a necessidade de conhecer  “os relatórios produzidos pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), e por outras instituições nacionais e norte americanas”, a que se devem juntar “os planos de trabalhos realizados nos últimos seis meses de 2018”, adiantam.

Como é do conhecimento público, na reunião bilateral entre Portugal e os Estados Unidos da América (EUA) – realizada no passado dia 18 -, foi apresentado um relatório técnico efetuado pelo LNEC para o Ministério da Defesa Nacional, datado de novembro deste ano, “que conclui que mais seis locais da Ilha Terceira apresentam, atualmente, resultados positivos e que, fruto das medidas já implementadas pela Força Aérea dos EUA, dispensam medidas adicionais de descontaminação”, explicam.

Para Berta Cabral e António Ventura, o processo de descontaminação de áreas poluídas no concelho da Praia da Vitória, em consequência da presença militar  dos EUA, “merece mais transparência, conforme foi defendido pelo próprio presidente do Governo Regional”, avançam.

“Os açorianos, e os terceirenses, têm o direito de conhecer toda a informação disponível sobre este assunto, a forma como ele está a ser tratado e os resultados que vão sendo alcançados”, defendem ainda os parlamentares.

 

AExpresso Online