Plano de formação para profissionais de saúde será mais abrangente em 2019

O Diretor Regional da Saúde afirmou, em Angra do Heroísmo, que o leque formativo do Plano de Formação da Direção Regional de Saúde será alargado em 2019, abrangendo “mais temáticas e mais profissionais”.

“A formação dos profissionais de saúde é uma das preocupações do Governo Regional e uma aposta a efetivar”, frisou Tiago Lopes, que falava sexta-feira no encerramento do V Seminário de Ética em Saúde e Gestão e Liderança nos Serviços de Saúde.

Na sua intervenção, apontou a formação ministrada em cuidados paliativos pela Escola Superior de Saúde como um exemplo das mais valias do investimento em formação.

“Por via da formação dos profissionais de saúde, em dezembro do ano passado, anunciou-se a constituição de equipas de apoio psicossocial e de cuidados domiciliários em cuidados paliativos para a ilha de São Miguel, melhorando, assim, a acessibilidade a estes cuidados”, afirmou.

Para o Diretor Regional, é crucial contar com o apoio de todos para otimizar recursos, através de parcerias com profissionais e entidades diferenciadas.

“Nunca a Região e o país tiveram profissionais de saúde tão bem preparados como agora, nunca os desafios foram tantos e tão complexos como os que se colocam atualmente”, sublinhou.

Tiago Lopes apelou, por isso, à união de esforços para ultrapassar os desafios, apontando como exemplo o I Plano de Ação para o Biénio 2018-2019, no âmbito da Estratégia Regional de Combate à Pobreza e Exclusão Social.

“Esta é uma estratégia concertada entre departamentos do Governo Regional, entidades e profissionais da Região, com vista a potenciar um conjunto de mecanismos que melhorem a articulação e a coerência das políticas públicas”, disse.

O Diretor Regional considerou ainda que encontros como este seminário são fundamentais para contribuir para profissionais e para uma sociedade mais informada, aumentando o poder de decisão relativamente aos processos de mudança inerentes aos desafios colocados pelo sistema de saúde.

 

foto/DR

GaCS/AExpresso Online