Vereadores do PSD/A protestam pelo abandono da Radioterapia no Hospital da Ilha Terceira

Política Regional

Os vereadores do PSD na Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Marcos Couto e Miguel Bezerra, apresentaram um voto de protesto pelo facto do Governo Regional “ter abandonado o projeto da Radioterapia no Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, falhando assim uma promessa eleitoral de vários anos”, utilizando o argumento de que “o número de casos na Ilha Terceira seria insuficiente para a possibilidade de abertura de uma segunda unidade de tratamentos” na Região.

Os social democratas consideram que esse é um argumento “discriminatório e desconectado da realidade, como recentemente foi provado pelos números que o próprio Governo Regional apresentou”, adiantam.

“Relembramos que a instalação daquele centro na Ilha Terceira iria permitir a injeção direta e indireta na economia local de 3 milhões de euros”, referem Marcos Couto e Miguel Bezerra, que lamentaram ainda “o abandono a que a ilha e o concelho estão votados por parte do Governo Regional em geral, e neste caso em particular, pelo Secretário Regional da Saúde”.

O voto teve dois votos favoráveis dos vereadores do PSD, sendo recusado pelos quatro autarcas do PS, “que se justificaram dizendo que decorrem contactos com o Governo Regional para resolver a questão, que também consideram de grande importância para a população terceirense, cujo interesse defendem junto das entidades competentes”, citam

Marcos Couto e Miguel Bezerra dizem ser “difícil entender a posição da gestão socialista no governo, uma vez que, desde o início do processo, era conhecido o número de casos na Terceira. E avançou-se para a construção das instalações no Hospital da Ilha Terceira”, pelo que este facto “mostra bem a leviandade com que são geridos os dinheiros públicos e a falta de respeito que o governo revela pela Ilha Terceira”, lamentam.

foto/JEdgardo Vieira

AExpresso Online