PSD acusa Ministro das Finanças de ignorar compromissos com os açorianos

Parlamento República Política

O deputado do PSD/A na Assembleia da República, António Ventura, acusou o Ministro das Finanças de “ignorar os compromissos do governo com os açorianos “, apenas respondendo “a uma de várias questões relativas às várias promessas em falta para com a Região, e ainda assim sem nada adiantar”, afirmou.

Intervindo no âmbito da audição de Mário Centeno na Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, o social democrata referiu que “o senhor ministro apenas me respondeu sobre a nova cadeia de Ponta Delgada, e mesmo assim foi para dizer que vão demorar dois anos a tirar as pedras do terreno onde deverá ser construída”, citou.

“Os radares meteorológicos, a descontaminação total dos solos e aquíferos da Praia da Vitória, o pagamento dos compromissos da dívida da Universidade dos Açores, o investimento no porto da Praia da Vitória, o centro de investigação oceanográfica, os degradados serviços do Estado na Região”, elencou António Ventura.

“São promessas de dezembro de 2015 que ainda não foram cumpridas, e é preciso saber se algum dia o serão”, questionou.

“Tratam-se de compromissos assinados entre o presidente do governo regional e o primeiro ministro, que ainda não viram a luz do dia, isto a oito meses do final da legislatura”, lembrou o deputado açoriano.

António Ventura sublinha que tem havido “um conjunto de palavras e anúncios, que saltam de plano em plano, de orçamento em orçamento, sem correspondência financeira nem execução à vista, nos Açores”, concluiu.

 

foto/JEdgardo Vieira

AExpresso Online